Câmara devolve R$726 mil aos cofres municipais

por Câmara Municipal publicado 28/12/2020 16h20, última modificação 28/12/2020 16h20
A Câmara Municipal de São João Nepomuceno está devolvendo aos cofres públicos o total de R$726.562,09 (setecentos e vinte e seis mil, quinhentos e sessenta e dois reais e nove centavos), referente às sobras do repasse mensal obrigatório (duodécimo orçamentário) realizado pelo Poder Executivo ao Legislativo Municipal no exercício financeiro de 2020.
Câmara devolve R$726 mil aos cofres municipais

Foto: Juninho Detone

A oficialização da restituição do recurso à Prefeitura aconteceu nesta segunda-feira (28/12), quando o presidente Reniraldo da Silva de Oliveira esteve reunido com o prefeito Ernandes José da Silva em seu gabinete.

Previsto na Constituição Federal, o duodécimo é transferido mensalmente pelo Poder Executivo (arrecadador dos impostos), a fim de que a Câmara use os recursos para custeio, pagamento de subsídios e salários e investimentos próprios.

O valor devolvido este ano à Prefeitura constitui o maior já restituído pelo Legislativo são-joanense à Municipalidade desde a sua autonomia, em 2005, e constitui fruto da economia feita ao longo do ano pela Casa de Leis.

O montante inclui, além das sobras do duodécimo, o rendimento de aplicação financeira. “Queria deixar meu agradecimento à Câmara Municipal, na pessoa do Reniraldo, pelo trabalho e parceria que foi feita durante todo e ano e nesses quatro anos de mandato. Nós nunca recebemos um valor tão expressivo como o deste ano”, disse o prefeito ao receber o cheque das mãos do presidente do Legislativo.

Por: Adriana de Freitas Dutra